Biodanza

A Biodanza foi criada pelo Antropólogo Chileno Rolando Toro Araneda, na década de 60, enquanto pesquisava na Universidade do Chile formas de humanizar o tratamento da saúde mental. Desde então, Rolando Toro percebeu o imenso poder transformador da música e da dança no tratamento das doenças mentais e posteriormente estendeu seu trabalho a todos os tipos de pessoas, como forma de autoconhecimento e bem estar.

biodanzaA Biodanza tem sua inspiração nas origens primitivas da dança, em seu sentido original, a dança é o movimento pleno de sentido.  As danças resgatam gestos de vida encontrados no cotidiano de cada pessoa e nas experiências dos diversos povos em diferentes épocas de suas histórias.

"A dança é um movimento que surge das entranhas do ser humano (...). É o movimento da vida, ritmo biológico, ritmo do coração, da respiração, impulso de vinculação à espécie; é o movimento de intimidade. A dança é, portanto, a celebração de nossa comunidade com os homens e nossa legítima alegria de viver. Cada pessoa, mesmo sem estar consciente disso, encontra-se dançando sua vida."    (Rolando Toro)

A música é um dos maiores recursos metodológicos do Sistema Biodanza, é criteriosamente estudada e analisada na sua semântica no seu conteúdo emocional.

"As emoções têm formas musicais, espaços sonoros, partituras de amor. Nossas vivências expressam-se em batimentos: Universo do coração. Nossa vida descreve cursos leves com a tonalidade mais íntima. Somos música incorporada em nossa entrega, em nossos impulsos e automatismos, em tudo que chora e sorri debaixo do nosso rosto, em tudo que se ergue e excita debaixo de nossa pele."       (Rolando Toro)

A Biodanza fundamenta-se nas ciências como a biologia, a psicologia e a sociologia; filosoficamente baseia-se no Princípio Biocêntrico, que é um modo de pensar onde se toma como centro da existência os sistemas viventes e sua evolução.

A visão trazida pelo Princípio Biocêntrico restabelece, as condições necessárias à nutrição, expansão e conservação da vida no planeta. Baseada neste princípio a Biodanza gera movimentos interiores e mudanças de comportamento, no sentido de nutrir o processo evolutivo saudável e criar mais vida dentro da vida. A Biodanza nos convida a sair da mecanicidade imposta por um estilo de vida alienante e entrar na plenitude existencial.

O encontro humano é um fator primordial para nos conhecermos melhor e para a revelação da nossa identidade mais profunda, portanto a prática da Biodanza é desenvolvida sempre em um contexto grupal.

"Biodanza é a poética do encontro humano. Nossas vidas não estão lançadas ao azar, como meteoritos ardendo no espaço côncavo. Nossas vidas surgem da sabedoria milenar do grande pulsador da vida, do útero cósmico, que se nutre e respira nas afinidades e no amor dos elementos. Na luz da origem, na enxurrada paradisíaca da realidade, nós nos buscamos uns aos outros".      (Rolando Toro)

Através das vivencias de Biodanza busca-se resgatar a vinculação a si mesmo, à espécie e ao universo, permitindo a cada um superar obstáculos interiores e conectar-se, cada vez mais com a sua própria identidade.

 

Rolando Toro Araneda

Rolando

Psicólogo e Antropólogo chileno, nascido em 1924, foi o criador do sistema Biodanza. Ocupou a cátedra de Psicologia da Arte e da Expressão no Instituto de Estética da Pontifícia Universidade do Chile.

Foi docente do Centro de Estudos de Antropologia Médica da Escola de Medicina da Universidade do Chile. Realizou pesquisas sobre a expansão da consciência e sobre a criatividade.

Rolando Toro buscava sua inspiração em fontes antropológicas e etológicas, foi também poeta e pintor.

 

Saiba Mais

Contato

Para entrar em contato, ligue para o telefone (11) 3275-2628 ou escreva uma mensagem para sorayagazal@gmail.com